11 de dezembro de 2007

Recordação

Não eras o meu melhor amigo, é verdade!! Mas eras o melhor amigo dos meus melhores amigos, hoje em dia...
Não te conhecia tão bem como eles, mas sabia como tu eras...
Não estava contigo todos os dias, mas gostava de estar contigo de vez em quando...
Não saía contigo todas as noites, mas acho que ainda apanhámos bebedeiras juntos...
Não era um "viciado saudável" no Jogo como tu, mas lá te ía desafiando ás setas e quase sempre ganhava :)
Não jogava ao jogo da sorte (azar) que havia no Chic, mas comia uma ou duas das milhentas pastilhas que tu ganhavas nesse jogo...
Já não falo contigo pelo telemóvel, mas ainda tenho o teu número gravado na minha lista de contactos...
Não sinto saudades tuas todos os dias, mas a maioria das vezes lembro-me de ti...
E porque o destino é assim mesmo (não escolhe momentos certos ou errados), de repente vi-me a chorar a tua perda...
Lá foste embora (fisicamente) de ao pé de nós, mas continuarás presente para sempre na nossa imaginação, cabeça e pensamento...
Porque tu eras o Mocho – o nosso AMIGO.


(Desculpem, mas hoje senti necessidade de escrever isto. Estava no trabalho e de repente pensei nele e comecei a escrever o que me veio à cabeça...)


Hasta

7 comentários:

Play Girl disse...

:(
Um abraço.

mik@ disse...

não tens de pedir desculpas :) quem te lê com um sorriso também entende as tuas tristezas.
abraço e um beijinho =^.^=

Ruca! disse...

lembranças dolorosas.
ainda no sábado falámos nele.

e como tava de óculos, a verdade é que não consegui evitar ficar com eles embaciados.

a sua ausência é um buraco na aorta que não vai fechar nunca.

e devo admitir que nos últimos tempos, não vinha pensando no alex se calhar tanto como devia. :(

merda zé, já ganhaste o prémio do post + triste do ano.

abraço.

Alter Ego disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alter Ego disse...

Só uma palavra depois de ler...Arrepio...fazes falta...farás sempre...!Que nunca me faltem os outros já que me faltas tu...
(sabes q és um deles pipos josé...)

Beijo abraço e palhaço...

Telak disse...

"Esquecer-se da morte e dos mortos é prestar um péssimo serviço à vida e aos vivos. "
(Philippe Ariès)

Valente disse...

Felizmente recordo-me dele mtas vezes.. talvez por outras coisas q tb passei com outras pessoas.. talvez pq dava-me cada vez melhor com ele.. talvez porque ele aparecia ao final de tarde perto da minha casa e apitava e lá ia eu ter com ele e ficavamos no carro a conversar sobre amores, amigos, atitudes,..

Pq recordo-me das palavras da mãe dele.. pq recordo-me q há 5dias antes de ele ir.. q estava pra falar com ele.. pq ele era teimoso...... pq foi ele mas tenho a certeza q podia ter sido eu.. ou um de nós..

Sabes q passas mtas xs pelo meu pensamento, deves estar próximo.
Aquele Abraço :(((